18/08/2022 às 15h46min - Atualizada em 18/08/2022 às 15h46min

Termina nesta quinta-feira, 18, o prazo para solicitar o voto em trânsito

Eleitor pode informar qualquer cidade do País, com mais de 100 mil habitantes para votar.

Jefferson Machado, estagiário, sob supervisão de Yuri Siqueira, jornalista.

Jornal Pará Publicidade 790x90

No dia 2 de outubro, para quem tem viagem programada e não poderá acessar seu local de votação no dia da eleição, é possível solicitar o Voto em Trânsito, em outra localidade do País. O prazo está aberto a quase um mês, e acaba na próxima quinta-feira, 18. Para isso, é necessário preencher primeiramente um cadastro e indicar um local para votação.

O período do Voto em Trânsito, vale também para um possível, segundo turno, em 30 de outubro. O eleitor pode informar qualquer cidade do País, com mais de 100 mil habitantes para votar, no entanto, existem diferenças de acordo com o estado que se vota.

Se eu estiver fora da minha cidade, quais cargos posso votar?
O eleitor poderá votar para os cargos de presidente, governador, senador, deputado federal, estadual ou distrital, isso se ele estiver, no mesmo estado do seu domicílio eleitoral. Agora se estiver em outro estado, poderá votar somente, para presidente. Além disso, existe a possibilidade de pedir o voto em trânsito em apenas um ou nos dois turnos de votação.
Admite-se, também votar em trânsito numa localidade no primeiro turno e em outra no segundo turno. Se for essa a situação do eleitor, ambos devem ser apresentados até quinta-feira.

Quais localidades podem receber voto em trânsito?
O Portal da Justiça Eleitoral exibirá os locais habilitados a receber o voto em trânsito. A requisição para votar, deve ser feita apenas de forma presencial e diretamente em qualquer cartório eleitoral, além disto, o eleitor não pode esquecer, um documento oficial com foto.

Fora do Brasil é possível votar em trânsito?
Não é possível votar em trânsito fora do Brasil, contudo, eleitores com título registrado fora do território nacional, podem votar em trânsito para presidente, em alguma localidade, caso esteja, dentro do Brasil. A Habilitação para o voto em trânsito não transfere ou altera quaisquer dados da inscrição eleitoral. O voto em trânsito, na verdade, funciona como uma transferência temporária de distrito eleitoral, sendo que depois das eleições, o eleitor volta à sua seção de origem.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp