31/10/2022 às 09h44min - Atualizada em 31/10/2022 às 09h44min

Noruega volta a doar ao fundo para a Amazônia após vitória de Lula

Yuri Siqueira

Jornal Pará Publicidade 790x90

A Noruega retomará a ajuda financeira contra o desmatamento da Amazônia no Brasil, congelada durante a presidência de Jair Bolsonaro, anunciou nesta segunda-feira (31) o ministro norueguês do Meio Ambiente após a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva na eleição presidencial brasileira.O país escandinavo, principal fornecedor de recursos para a proteção da floresta amazônica, suspendeu a ajuda ao Brasil em 2019, ano em que Bolsonaro assumiu a presidência.

Durante o governo do líder de extrema-direita, o desmatamento na Amazônia brasileira aumentou 70%, um índice "escandaloso" nas palavras de Barth Eide, que disse que seu país entrou em um "confronto frontal" com Bolsonaro sobre a questão.

De acordo com o ministro, 5 bilhões de coroas norueguesas (cerca de R$ 2,5 bilhões) aguardam para serem utilizados no fundo de preservação da floresta amazônica.

Lula, afirmou no domingo (30), após o anúncio de sua vitória no segundo turno da eleição presidencial, que o Brasil está disposto a ter um papel de vanguarda contra a mudança climática e destacou que o planeta precisa de uma "Amazônia viva".

 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp