31/08/2023 às 11h00min - Atualizada em 31/08/2023 às 11h15min

Defesa Civil realizou mais de 100 ações de combate à queimadas nos últimos três meses

Marabá: 107 ocorrências de focos de incêndio em toda cidade.

Carlos Yury - com informações de Ascom Marabá

Defesa Civil / Reprodução
A Coordenação de Proteção e Defesa Civil atendeu somente nos meses de junho, julho e agosto deste ano, 107 ocorrências de focos de incêndio em toda cidade. Somente no bairro Nova Marabá, área de maior registro de queimadas, foram 55 atendimentos.

As ações correspondem ao período de 21 de junho a 27 de agosto, correspondente a 68 dias intensivos da Brigada de Incêndio da Defesa Civil. No núcleo da Marabá Pioneira foram registradas 11 ocorrências, principalmente no bairro Santa Rosa e na Rua Magalhães Barata, centro.

Cerca de 1,5 mil pessoas estão na fila pela doação de órgãos no Pará


“Infelizmente neste período muitas família querem fazer a limpeza do terreno para iniciar a construção, mesmo em área de risco, área de alagamentos e resulta em problemas sérios. E não somente no bairro de Santa Rosa, mas também no bairro do Amapá, vem acontecendo essas construções irregulares”, explica Marcos Andrade, diretor da Defesa Civil de Marabá.

No núcleo da Cidade Nova já foram registradas 31 ocorrências e 10 em São Félix. De acordo com a Defesa Civil as principais causas das ocorrências de focos de queimadas estão ligadas a queima de resíduos sólidos (lixo) descartados erroneamente ou vegetação seca em áreas urbanas com o intuito de limpeza ou diminuição de volume do material

Há a incidência também de queimadas em região de floresta, geralmente promovidas por agricultores e pecuaristas, em áreas de pastagens ou de agricultura, para renovação do solo como também fumantes que descartam as bitucas de cigarro de forma incorreta na natureza e podem ocasionar um foco de queimada.

“Uma prática que temos que combater são as queimadas em área urbana, pois são muitos problemas que podem surgir e as principais vítimas são os idosos e nossas crianças, então quando houver qualquer foco de queimada, acione a Defesa Civil”, alertou Marcos Andrade.

A Defesa Civil orienta a população, em caso de queimadas, ligar para os números 193 ou 190, pois há um trabalho conjunto entre a Defesa Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

ACOMPANHE O JORNAL PARÁ
Quer ficar bem-informado sobre os principais acontecimentos do Pará e do Brasil? Siga o Jornal Pará nas redes sociais. O JP está no Instagram, YouTube, Twitter e Facebook.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp