29/07/2022 às 14h41min - Atualizada em 29/07/2022 às 14h41min

Incêndio causa prejuízos materiais na sede da Prefeitura de Parauapebas nesta sexta-feira (29)

Segundo servidores municipais, o fogo começou na sala da procuradoria municipal quando o aparelho de ar condicionado foi ligado

Mayron Gouvêa

Jornal Pará Publicidade 790x90

Os bombeiros foram acionados, mas o fogo se alastrou rapidamente. Os prejuízos materiais estão sendo contabilizados pela prefeitura de Parauapebas.

 

“O incêndio começou na sala da doutora Quênia e ela gritou que tava pegando fogo. Um funcionário providenciou o extintor de incêndio e eu que consegui - estou até com massa de extintor no corpo - apagar o fogo, que apagou. Só que já tinha pegado fogo na canaleta de gás, quando eu olhei pra cima, ele já tava no setor inteiro da procuradoria, onde o incêndio começou. Só deu tempo de tirar essa bolsa, o celular ficou”, relatou a servidora do setor Elisângela Galvão.

 

A funcionária contou ainda que, desesperados, os servidores deixaram o prédio correndo. “E quando a gente olhou de fora, a parte da Semad (secretaria de administração) já estava tomada pelo fogo, depois foi pra parte de cima. Eu mesma acionei o corpo de bombeiros e a gente foi pedindo socorro pra todo mundo”. 

  

Era por volta das 10 horas da manhã quando o incidente aconteceu. As labaredas tomaram conta do prédio rapidamente.

 

 

Nota de posicionamento

 

A Prefeitura de Parauapebas vem a público informar e esclarecer à população sobre o incêndio que tomou conta do prédio do Morro dos Ventos na manhã desta sexta-feira, 29, no final do recesso municipal. Mas antes de tudo é preciso ressaltar que, felizmente, o sinistro provocou apenas perdas materiais tendo em vista que o prédio foi imediatamente evacuado assim que iniciou.  
 

O fogo começou na sala da Procuradoria-Geral do Município (PGM), no segundo piso da prefeitura, com um curto-circuito em um ar condicionado. A partir daí, uma intensa fumaça invadiu o espaço e o fogo se alastrou rapidamente por outras salas. 
 

Acionado, o Corpo de Bombeiros chegou ao prédio da PMP, mas apesar de todos os esforços as equipes não conseguiam conter as chamas, mesmo com a ajuda dos carros-pipas da prefeitura. Além do vento, materiais inflamáveis contribuíram para que as labaredas se expandissem rapidamente. 
 

Um boletim de ocorrência do incêndio já foi feito na Delegacia de Polícia. A prefeitura irá aguardar a perícia dos bombeiros, para saber as causas do sinistro, e irá se reunir para adotar as medidas a serem tomadas para a reconstrução da prefeitura e locais de funcionamento das secretarias lotadas no prédio. O trabalho não vai parar!
 

A Prefeitura de Parauapebas aproveita para alertar a população de que mentiras sobre as causas do incêndio estão sendo veiculadas por seus opositores. E repudia esse tipo de ataque numa hora em que a equipe de governo e servidores públicos vivem momentos de angústia e de tensão.
 

A Prefeitura de Parauapebas se mantém e continuará firme em trabalhar pelo engrandecimento do município e bem-estar da sua população.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp