11/01/2024 às 11h13min - Atualizada em 11/01/2024 às 11h13min

Travesti é assassinada com tiros à queima-roupa em Altamira, no Pará

Foram ao menos cinco tiros de revólver calibre 38, a polícia investiga o caso.

Da redação

Jornal Pará Publicidade 790x90

Reprodução / Redes sociais
A Polícia Civil investiga o assassinato de uma pessoa trans/travesti em Altamira, no sudoeste do Pará. A vítima, identificada como Sofia, tinha 21 anos e foi morta com vários tiros de arma de fogo.

O crime foi por volta das 20h em um bar, na avenida Magalhães Barata, no bairro Liberdade. Foram ao menos cinco tiros de revólver calibre 38.

LEIA MAIS: Pará registra 9 óbitos por covid-19 no início de 2024, diz Sespa


Testemunhas informaram que dois homens chegaram ao local em uma moto. Um deles desceu do veículo e atirou à queima roupa contra a vítima, que morreu na hora. Um dos tiros atingiu a cabeça da vítima.

Os criminosos fugiram logo após o crime e ainda não tinham sido localizados. A motivação do crime com características de execução ainda está sendo apurada pela polícia.

Segundo a Polícia Civil, a vítima tinha passagem por tráfico de drogas e havia recebido alvará de soltura em agosto de 2023. O assassinato foi registrado na Delegacia de Homicídios de Altamira.

Com informações de g1

ACOMPANHE O JORNAL PARÁ
Quer ficar bem-informado sobre os principais acontecimentos do Pará e do Brasil? Siga o Jornal Pará nas redes sociais. O JP está no Instagram, YouTube, Twitter e Facebook.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp