30/11/2023 às 08h29min - Atualizada em 30/11/2023 às 08h45min

Vereador Cássio da VS-10 se pronuncia sobre operação do Ministério Público

O GAECO investiga indícios de que Cássio da VS-10 estaria interferindo em fila de atendimento na Secretaria Municipal de Saúde de Parauapebas.

Da redação

Jornal Pará Publicidade 790x90

Reprodução
Em vídeo publicado em suas redes sociais, o vereador de Parauapebas, Cássio da VS-10 (PSD), se pronunciou de forma oficial sobre a operação do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), que através do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (GAECO) e do Grupo de Atuação Especial de Inteligência e Segurança Institucional (GSI), estiveram no gabinete do parlamentar na manhã desta quarta-feira (29), em busca de documentos que comprovem ou não a participação dele em crimes que foram denunciados.

De acordo com o Portal Correio de Carajás, o GAECO investiga indícios de que Cássio da VS-10 estaria interferindo em fila de atendimento na Secretaria Municipal de Saúde de Parauapebas.

CONFIRA: Ministério Público realiza operação na Câmara Municipal de Parauapebas


Segundo protocolo, no dia 7 de junho deste ano, o Conselho Municipal de Saúde encaminhou ao Ministério Público do Estado do Pará, através do Ofício 166/2023 – CMSP – uma denúncia recebida pelos conselheiros de que estaria havendo coação aos servidores públicos da saúde em Parauapebas por parte do vereador Cassio da VS-10, para que estes priorizassem atendimentos indicados por ele na direção de Regulação, Controle e Avaliação (DIRCA), assim como na Vigilância Sanitária e UBS do bairro VS-10.

A denúncia foi investigada, inicialmente, pelo promotor de justiça Alan Pierre Chaves Rocha, e como os indícios eram fortes, o caso foi repassado ao GAECO, um grupo de Belém especializado em investigar o crime organizado.

As denúncias não estão relacionadas à Câmara Municipal de Parauapebas, mas exclusivamente ao vereador Cássio da VS-10.

Em seu pronunciamento sobre o caso na internet, Cássio da VS-10 acabou confundindo os agentes do GAECO e GSI com homens da Polícia Federal. Confira abaixo na íntegra:

 
Confira nota publicada pelo vereador:

“O vereador Cássio de Meneses Silva (Cássio da VS 10), por meio desta, vem esclarecer os recentes acontecimentos envolvendo a presença do GAECO em seu gabinete, ocorrida na data de hoje (29 de novembro de 2023).

O vereador Cássio da VS 10, traz a público, que a investigação em questão é conduzida pelo Ministério Público Estadual, que se desenrolou a partir de uma alegação apresentada no mês de junho deste ano pelo atual Presidente do Conselho Municipal de Saúde de Parauapebas. A acusação em pauta refere-se à alegada interferência, nossa, na Saúde Municipal, com a suposta tentativa de preferência no atendimento de pacientes e influência nos procedimentos internos da Direção de Regulação, Controle, Vigilância Sanitária e Unidades Básicas de Saúde da Vs10.

Esse vereador, Cássio de Meneses Silva (Cássio da VS10), esclarece categoricamente que sua atuação parlamentar sempre ocorreu dentro do escopo de suas responsabilidades parlamentares, pautada pela defesa dos interesses da população e pela transparência na gestão pública. O vereador nega veementemente qualquer envolvimento em práticas que comprometam a ética e a legalidade no exercício de suas funções.

O gabinete do vereador tem colaborado e colabora integralmente com as autoridades competentes, colocando-se à disposição para prestar quaisquer esclarecimentos necessários no curso das investigações. O vereador reforça seu compromisso com a transparência e a justiça, ressaltando que sua conduta sempre foi norteada pelos princípios éticos que regem o exercício do cargo e como cidadão.

É importante salientar que a presença do GAECO em seu gabinete não guarda relação com outras questões políticas que possam estar ocorrendo no município. O vereador destaca que, neste momento político, percebe uma possível perseguição política em relação ao seu mandato, que tem ganhado proeminência, destacando sua atuação firme em prol dos mais frágeis e na defesa das necessidades do povo.

Cássio da Vs10 reafirma sua trajetória como uma pessoa simples, caracterizada por uma postura aguerrida em defesa dos interesses populares. O vereador justifica que a atenção e destaque que vem recebendo podem gerar desconforto em alguns setores políticos, mas ressalta seu comprometimento em cumprir suas prerrogativas e obrigações, sendo o legítimo representante do povo, reconhecido como o Cássio da VS10, do Jeito do Povo.

Certos de que a verdade prevalecerá no desenrolar das investigações, o vereador Cássio de Meneses Silva – Cássio da VS10 – permanece confiante na justiça e reitera seu compromisso inabalável com a população de Parauapebas.

E para finalizar, parabeniza a atuação do Ministério Público, do GAECO e do Juiz da Vara da Fazenda Pública (Dr Lauro Fontes Júnior), pela postura humanística no qual conduziram a operação, pois e afinal, se faz necessário que esses Poderes, façam o contraponto e da fiscalização naquilo que fora de prejuízo à população de Parauapebas, porém pautados numa elegância de grande admiração e respeito, dada a forma indubitável de respeito aos preceitos constitucionais da Presunção da Inocência. 

Respeitosamente,

Vereador Cássio de Meneses Silva – Cassio VS10– PSD”


ACOMPANHE O JORNAL PARÁ
Quer ficar bem-informado sobre os principais acontecimentos do Pará e do Brasil? Siga o Jornal Pará nas redes sociais. O JP está no Instagram, YouTube, Twitter e Facebook.



Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp