17/07/2023 às 09h54min - Atualizada em 17/07/2023 às 09h54min

Dinamarca pode anunciar apoio ao Fundo Amazônia

O Fundo Amazônia pode receber um impulso significativo com o esperado investimento da Dinamarca.

Da redação - com informações de O Globo

Jornal Pará Publicidade 790x90

Ricardo Stuckert

Em meio a uma série de encontros bilaterais durante a III Cúpula entre a Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac) e a União Europeia (UE), o presidente brasileiro Luís Inácio Lula da Silva pode ter uma excelente notícia para a Amazônia. A expectativa é que a primeira-ministra da Dinamarca, Mette Frederiksen, anuncie investimentos significativos do seu país para o Fundo Amazônia.

O Fundo Amazônia, criado para financiar ações de prevenção, monitoramento e combate ao desmatamento, e para a conservação e uso sustentável das florestas na Amazônia Legal, pode receber um impulso significativo com o esperado investimento da Dinamarca. Este movimento é visto como um forte sinal de compromisso internacional com a preservação da maior floresta tropical do mundo.

Re-Pa que pode definir futuro das equipes na Série C do Brasileirão

Os governos europeus têm demonstrado interesse em participar do fundo, pois o impacto positivo com o público interno de estar contribuindo para o fim do desmatamento geralmente compensa o investimento financeiro. A população europeia é muito atenta a temas de meio ambiente e desmatamento, e a imagem do Brasil nesses países é associada à de um líder que assumiu o comando para reverter a política de descaso ambiental do governo anterior.

O possível investimento da Dinamarca no Fundo Amazônia é um passo importante na direção certa e pode incentivar outros países a seguir o mesmo caminho. O Brasil, por sua vez, tem a oportunidade de fortalecer sua imagem internacional como um país comprometido com a preservação ambiental.

ACOMPANHE O JORNAL PARÁ
Quer ficar bem-informado sobre os principais acontecimentos do Pará e do Brasil? Siga o Jornal Pará nas redes sociais. O JP está no Instagram, YouTube, Twitter e Facebook.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp