01/07/2023 às 09h05min - Atualizada em 01/07/2023 às 09h05min

Sespa inicia ação contra hepatites virais neste domingo em Belém

Carlos Yury - com informações de Agência Pará

Jornal Pará Publicidade 790x90

Ascom Sespa
Começa nesse domingo, 2, na Praça da República, a programação do “Julho Amarelo”, período voltado a conscientização sobre o combate as hepatites virais. Nesse dia serão ofertados a população testagem rápida para Hepatite B, Hepatite C, sífilis e HIV além de vacina contra Hepatite B, Influenza, Coronavac, Pfizer, Bivalente e HPV. 

A expectativa para o atendimento é de 600 pessoas em um quantitativo de 2.400 testes rápidos, sendo que a testagem rápida para os vírus da Hepatite B e C continua sendo ofertada nas Unidades Básicas de Saúde nos 144 municípios do Estado, assim como a vacina para a Hepatite B.

A condenação de Jair Bolsonaro pelo TSE representa o fortalecimento da Democracia brasileira e das instituições democráticas


“É importante a conscientização da população na prevenção para as hepatites especialmente para os vírus B e C, pois são infecções silenciosas e seu diagnóstico tardio pode progredir para uma insuficiência hepática que provoca fibrose, cirrose ou até mesmo câncer de fígado. Uma das melhores formas de prevenção para o vírus da Hepatite B é a vacina com 3 doses, além da realização de testagem rápida para os vírus B e C, pois o diagnóstico precoce é essencial para iniciar rapidamente o tratamento, aumentando assim as chances no sucesso da cura para o vírus C que tem cura e evitando a progressão da doença para vírus B que não tem cura”, disse Marília Magalhães, Coordenadora Estadual de Hepatites Virais. 

A Sespa permanece recomendando a testagem rápida e a vacina para Hepatite B para pessoas acima dos 40 anos, portadores de diabetes e pessoas que tiveram exposição a sangue e derivados, seja por transfusão de sangue antes de 1993, hemodiálise, uso de drogas ou procedimentos estéticos como piercing e tatuagem, pessoas privadas de liberdade, pessoas que vivem com HIV, homens que fazem sexo com homens, pessoas trans, trabalhadores do sexo, usuários de álcool e outras drogas e pessoas em situação de rua.

ACOMPANHE O JORNAL PARÁ
Quer ficar bem-informado sobre os principais acontecimentos do Pará e do Brasil? Siga o Jornal Pará nas redes sociais. O JP está no Instagram, YouTube, Twitter e Facebook.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp