10/08/2022 às 16h36min - Atualizada em 10/08/2022 às 16h36min

Professores de Castanhal entram em greve

Falta de pagamentos é uma das exigências dos grevistas

Jefferson Machado, estagiário, sob supervisão de Yuri Siqueira, jornalista.

Jornal Pará Publicidade 790x90

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Estado do Pará (Sintepp), realizaram uma manifestação, na praça da Matriz, no final da manhã dessa quarta-feira dia 10, em Castanhal, nordeste do estado. O protesto deu início a paralização oficial dos educadores da rede municipal.

As principais causas da greve, segundo o Sintepp, encontram-se a falta exata da contribuição patronal ao IPCM e de pagamentos dos merecidos parcelamentos. Conforme o Sindicato, o débito de 2021 é no total de 60 milhões e até abril de 2022 já superava 16,5 milhões. Os docentes reclamam ainda o reajuste do piso salarial conforme a lei federal.

A prefeitura de Castanhal informou que está surpresa com a comunicação do Sintepp sobre a interrupção dos trabalhos. Para Diego Magno, procurador do Município, o ato está fora de legalidade, tanto à sua forma de decisão, quanto convocação. Para a prefeitura não houve cumprimentos das obrigações legais e, acima de tudo, não existe justificação para o ato grevista.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp