01/02/2024 às 11h30min - Atualizada em 01/02/2024 às 11h30min

Líder da bancada evangélica tem mandato cassado pelo TRE

​Silas Câmara (Republicanos-AM) foi julgado por gastos ilícitos de verba eleitoral; o deputado recorrerá da decisão.

Da redação

Jornal Pará Publicidade 790x90

Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados
O TRE-AM (Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas) cassou nesta 4ª feira (31.jan.2024) o mandato do líder da Frente Parlamentar Evangélica, deputado federal Silas Câmara (Republicanos-AM). O congressista foi julgado por gastos ilícitos de verba de campanha eleitoral em 2022 para o fretamento de aviões.

A decisão ainda não tem efeito imediato. Cabe recurso no TRE e no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Ao Poder360, a assessoria de imprensa de Câmara afirmou que recorrerá da decisão. “O deputado já está tranquilo e totalmente preparado para o recurso ao TSE, onde tem absoluta certeza que irá reverter a decisão”, disse. 

LEIA TAMBÉM: Luciano Hang é condenado por pressionar funcionários a votar em Bolsonaro nas eleições de 2018


A equipe do congressista afirmou ainda que “as contas já haviam sido aprovadas” e, por isso, o líder da Frente Parlamentar Evangélica “recebeu com estranheza” a decisão do julgamento.

A representação contra Silas Câmara foi apresentada pelo MPE (Ministério Público Eleitoral). O placar da votação foi de 4 votos a favor e 2 contra a cassação do mandato. A decisão se deu depois de pedido de vista do juiz Marcelo Vieira em dezembro do ano passado.

Em 2022, Câmara foi reeleito para o 7º mandato como deputado federal. Em 7 de fevereiro, a bancada evangélica do Congresso voltará a ser chefiada pelo deputado aliado ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) Eli Borges (PL-TO).

Com informações de Poder 360

ACOMPANHE O JORNAL PARÁ
Quer ficar bem-informado sobre os principais acontecimentos do Pará e do Brasil? Siga o Jornal Pará nas redes sociais. O JP está no Instagram, YouTube, Twitter e Facebook.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp