09/12/2023 às 11h00min - Atualizada em 09/12/2023 às 11h15min

Casal suspeito de decepar orelha de jovem de 18 anos em Altamira é preso

Weslei dos Santos Feitosa confessou aos policiais a autoridade do crime e foi levado para a Seccional Urbana de Polícia Civil de Altamira.

Da redação

Reprodução
Weslei dos Santos Feitosa e Sandiele dos Santos Vale, casal suspeito de decepar a orelha de um jovem de 18 anos a facadas, no último dia 3 de dezembro, na Rua Ipê do bairro Jatobá, em Altamira, foram presos pela Polícia Militar do município, na terça-feira (5). Weslei confessou a tentativa de homicídio aos agentes. Ele e a companheira também estão sendo acusados de furtar uma motocicleta. O caso está sendo investigado pela Seccional Urbana de Polícia Civil de Altamira. 

O jovem estava em sua residência quando foi atacado por Weslei, tendo ferimentos pelo corpo e parte da orelha cortada a golpe de faca. Na ocisão, moradores chegaram a intervir e acionaram uma ambulância de Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que encaminhou a vítima para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Não há informações sobre o estado de saúde dele.

LEIA TAMBÉM: Motorista desaparece e carro é encontrado queimado na Grande Belém


A vítima já esteve envolvida em outra tentativa de homicídio em junho deste ano, quando na época tinha 17 anos, e teve a língua cortada, supostamente a mando do tráfico, passando a ser conhecido como “Sem Língua”. A polícia chegou ao autor do crime, na Rodovia Transamazônica, no perímetro urbano de Altamira. Mas, uma semana depois desta prisão, outro suspeito do crime também teria sido preso. Ele teria mandado cortar a língua do adolescente durante uma tortura, pois menino seria testemunha de um assassinato, crime ocorrido um dia antes da violência contra o adolescente.

Com informações de O Liberal

ACOMPANHE O JORNAL PARÁ
Quer ficar bem-informado sobre os principais acontecimentos do Pará e do Brasil? Siga o Jornal Pará nas redes sociais. O JP está no Instagram, YouTube, Twitter e Facebook.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp