30/11/2023 às 11h29min - Atualizada em 30/11/2023 às 11h30min

Celso Sabino pede exoneração do cargo de Ministro do Turismo

A saída do paraense do cargo é temporária.

Da redação

Jornal Pará Publicidade 790x90

Reprodução
O paraense Celso Sabino (União Brasil), até então ministro do Turismo do governo Lula, pediu exoneração do cargo. Na edição do DIário Oficial desta quinta-feira (30), a decisão foi publicada. Em seu lugar, Carlos Henrique Menezes Sobral foi nomeado ministro de hoje (30), até o dia 3 de dezembro.

A mudança é temporária, conforme explicou Sabino. Deputado federal reeleito em 2022, ele saiu do cargo de ministro apenas para indicar suas emendas na Câmara dos Deputados. Na próxima segunda-feira (4), Sabino deve ser renomeado e retornar à pasta do Turismo.

LEIA MAIS: Servidores e familiares de secretários são presos por fraude em programa de habitação popular


Ainda ontem (29), Celso Sabino cumpriu agenda na Espanha, onde participou de um evento para a indústria de reuniões e conferências entre 26 e 29 de novembro e convidou os empresários para o Salão Nacional do Turismo, que ocorrerá em Brasília de 15 a 17 de dezembro deste ano.

Sabino foi eleito deputado federal pelo União Brasil e deixou a Câmara dos Deputados para comandar o Turismo, em julho deste ano, no lugar de Daniela Carneiro, também do União Brasil. 

ACOMPANHE O JORNAL PARÁ
Quer ficar bem-informado sobre os principais acontecimentos do Pará e do Brasil? Siga o Jornal Pará nas redes sociais. O JP está no Instagram, YouTube, Twitter e Facebook.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp