01/11/2023 às 12h00min - Atualizada em 01/11/2023 às 12h15min

Círio de Canaã dos Carajás é declarado patrimônio cultural e imaterial do município

Canaã dos Carajás celebrou seu momento de fé e devoção no último domingo, 29 de outubro.

Carlos Yury

Jornal Pará Publicidade 790x90

Diego Barbosa
Um ano histórico para o Círio de Nossa Senhora de Nazaré em Canaã dos Carajás, pois este ano foi declarado como patrimônio cultural e imaterial do município, por meio da Lei n.º 1.071, sancionada em 04 de julho de 2023.

Para que esse grande momento acontecesse, toda a organização da 9ª edição do Círio da cidade começou com a apresentação no dia 30 de maio e, desde então, tudo foi planejado para a celebração do último domingo, 29 de outubro.

LEIA MAIS:Conselheira que criticou a gestão do prefeito Edmilson é expulsa e agredida em evento da prefeitura de Belém


O município realiza o tradicional Círio de Nazaré desde 2015, quando a comunidade católica com o Padre Peterson trouxe a celebração para terras canaenses. No início foi preciso de uma rede de apoio para que o evento acontecesse e contou com a Ordem Irmãs Filhas do Amor Divino, a Diocese de Marabá, que deu todo o suporte emprestando dois símbolos fundamentais para a celebração, a corda e a berlinda. A missa no primeiro Círio também foi celebrada pelo Bispo Dom Vital Corbellini.

A Imagem - A Arquidiocese de Belém, também deu apoio para que o evento acontecesse, nos dois primeiros anos a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré, passou por Canaã dos Carajás, trazida pelo diretor espiritual da Guarda da Santa da capital, Diácono Miguel, que compartilhou conhecimento e experiência do Círio de Belém com os fiéis.

Nos primeiros dois anos a imagem da procissão era Imagem Peregrina, trazida de Belém. Em 2017 Canaã dos Carajás recebeu sua própria imagem de Nossa Senhora de Nazaré, produzida na capital paraense, pelas mãos do artesão Raimundo, especialista em arte sacra, ele reproduziu a imagem com as fiéis características da Imagem Peregrina. Hoje a igreja possui duas imagens para a realização da programação.

Em 2023 o manto traz como tema, “Maria, mãe da partilha, milagre de amor”, que o estilista Karlos Amilcar explica a escolha. “Como é necessário ter um coração desprendido, que sabe doar, que sabe acolher o outro e sua necessidade. Para tanto, não temos exemplos maior do que o da Virgem Maria, que por meio do seu ‘sim’ revela seu amor incondicional a Deus, gerando seu filho amado, Jesus.”, destacou.

Com informações de Gazeta de Carajás

ACOMPANHE O JORNAL PARÁ
Quer ficar bem-informado sobre os principais acontecimentos do Pará e do Brasil? Siga o Jornal Pará nas redes sociais. O JP está no Instagram, YouTube, Twitter e Facebook.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp