03/10/2023 às 10h09min - Atualizada em 03/10/2023 às 10h15min

Círio 2023: romeiros de Castanhal começam a caminhada de fé rumo à Basílica de Nazaré

São centenas de devotos que saem de Castanhal e de outros municípios da região nordeste do estado, a pé pela rodovia BR-316, em direção a Belém.

Carlos Yury

Reprodução/Tv Liberal
A semana que antecede ao Círio de Nossa Senhora de Nazaré transforma o cenário da rodovia BR-316, no trecho que liga os municípios da região nordeste do estado a capital paraense. O tráfego pesado de carros e caminhões dá espaço para a leveza dos passos de centenas de romeiros que caminham em direção ao Santuário Basílica Nossa Senhora de Nazaré, em Belém.

São mulheres e homens de todas as idades e classes sociais que caminham em direção a mãe de Jesus. Um sacrifício por amor, busca, promessa ou simplesmente por fé. A caminhada se tornou tradição e não se sabe ao certo quem foi a primeira pessoa que decidiu fazê-la.

Círio de Nazaré 2023: Confira os eventos da semana da Grande Procissão


De Salinas sairá na terça-feira, 3, o grupo Caminhando com Maria, formado por 70 pessoas, em um ônibus até Castanhal para iniciar a caminhada que completa 23 anos. Ela começou com um casal que já pagava uma promessa há 10 anos pela cura da doença da filha. Como explica a coordenadora Madalena Marques.

 “Os pais tiveram que mudar a forma de pagar a promessa pela graça alcançada e foi então que decidiram se juntar a um pequeno grupo de moradores que já fazia a caminhada até Castanhal para se juntar ao grupo que sai de lá. No ano seguinte o casal foi chamando outras pessoas e o grupo foi crescendo e se tornou o que é hoje”, relatou.

Madalena Marques também está desde o começo no grupo e ela conta que caminha até Castanhal e depois se dedica apenas ao apoio dos romeiros.

“Sou enfermeira e esta também é uma forma de agradecer a Nossa Senhora por tudo que ela tem feito por mim. Eu fui tinha sido diagnosticada com um câncer e fui para Belém para passar por exames, mas antes de entrar na sala da junta médica eu falei a Nossa Senhora que se ela me curasse eu faria a caminhada até Belém e quando os médicos olharam os exames não tinha nada de errado mais. Então já tem uns anos que eu não faço mais o percurso todo e paro em um certo ponto para cuidar de quem precisa de curativos e massagem”, contou.

De Capanema sairá a comerciante Eliane Dias com um grupo de amigos. Há quatro anos ela faz a caminhada até Belém. “No meu primeiro ano fui porque não sabia mais a quem recorrer por causa de um problema no meu matrimônio e eu entreguei todas as minhas aflições a Nossa Senhora para que ela intercedesse junto ao Senhor. Sete dias depois veio o milagre e em forma de agradecimento não parei mais de caminhar e neste ano vou pedir pela saúde do meu pai”, relatou.

Castanhal - É de Castanhal que sai o maior número de promesseiros em grupos organizados. É a 44ª Romaria de Nossa Senhora de Nazaré de Castanhal até Belém, que sairá na quarta-feira, 4, às 7h, da frente da igreja Matriz.

Um dos principais grupos de romeiros é a Associação de Devotos e Romeiros de Nossa Senhora de Nazaré – ADERCA que reúne mais de mil pessoas. Renato Roldem faz parte da coordenação e também do Terço dos Homens. O grupo é um dos que vai à frente da Romaria. “Há 12 anos que o Terço dos Homens está na caminhada. Eu sou mariano desde jovem tudo que faço é por Maria. Sou grato pelo milagre da vida, pois Nossa Senhora me livrou da morte após um grave acidente de moto e por isso tenho essa missão”, contou.

Castanhal é também um dos principais pontos de acolhimento aos romeiros. De acordo com a Defesa Civil cerca de 25 mil pessoas passam a pé pelo município. “Os peregrinos sempre fazem paradas estratégicas para descanso e alimentação. E nesse momento fazemos a acolhida dessas pessoas nos postos montados na praça da Matriz, no posto Pombal e na orla do rio Apeú onde o romeiro pode dormir e receberá cuidados médicos e alimentação”, explicou o coordenador da Defesa Civil de Castanhal, Major Edson Marques.

Casa de PlácidoA caminhada termina, para muitos dos romeiros, na Casa de Plácido, espaço que acolhe os promesseiros, em Belém.

O espaço foi criado em 2009 pelos padres Barnabitas para receber os romeiros de todas as partes do Pará e do Brasil durante o Círio. Lá são dados a eles os cuidados necessários aos romeiros após longos dias de caminhada.

594 voluntários divididos em 13 equipes fazem esse trabalho de acolhimento que inclui cuidados médicos e de enfermaria, além alimentação e descanso aos romeiros. A casa é coordenada pela Pastoral da Acolhida.

“É uma forma fraterna e de amor ao próximo de acolher quem chega a Belém. E para esse ano estamos com um número maior de voluntários formados por 13 equipes de frente de trabalho que ficaram recepcionando os romeiros, fazendo atendimentos de lava pés, curativos, massagem e na cozinha. Vamos oferecer o melhor acolhimento a todos os irmão com muito afeto após a longa caminhada”, explicou Conceição Rodrigues, coordenadora da Pastoral da Acolhida.

O nome Casa de Plácido foi uma homenagem ao paraense Plácido José de Souza, que em 1700 encontrou a pequena imagem de Nossa Senhora de Nazaré, às margens do Igarapé Murutucu, no local onde foi erguida a Basílica Santuário. Seu ato de fé deu início à grande festa da devoção mariana na capital paraense.

Serviço

Localização: no Centro Social de Nazaré, ao lado do estacionamento do Santuário. 

A Casa de Plácido abrirá oficialmente no dia 04, às 18h, e ficará aberta ininterruptamente até o dia 07, às 13hs.

Fecha nos 08 e 09. De 10 a 14 abre somente pela parte da manhã das 8h30 as 13h.

Fecha dia 15 e dia 16. Abre novamente de 17 a 21 de 8h30 às 13h.

Com informações de Tv Liberal

COMPANHE O JORNAL PARÁ
Quer ficar bem-informado sobre os principais acontecimentos do Pará e do Brasil? Siga o Jornal Pará nas redes sociais. O JP está no Instagram, YouTube, Twitter e Facebook.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp