01/02/2023 às 18h41min - Atualizada em 01/02/2023 às 18h41min

Câmara realiza sessão para eleger integrantes da Mesa Diretora

Luciana Carvalho, estagiária sob supervisão do jornalista Yuri Maia

Pablo Valadares/ Câmara dos Deputados
O Plenário da Câmara dos Deputados realiza, nesta quarta-feira (01), a sessão preparatória destinada a eleger os membros da Mesa Diretora para o biênio 2023-2024. As informações são da  Agência Câmara de Notícias.

A votação é secreta por meio de urnas eletrônicas específicas instaladas em cabines de votação. Ao todo, são 11 cargos em disputa: presidente, 1º e 2º vices, 1º a 4º secretários e quatro suplências.


Para o cargo de presidente da Casa há três candidatos: o atual presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL); o deputado Chico Alencar (Psol-RJ); e o deputado Marcel Van Hattem (Novo-RS).

Alencar e Van Hatten foram lançados, respectivamente, pela Federação Psol-Rede e pelo Novo. Já Lira é apoiado por um único bloco parlamentar reunindo 20 partidos, incluindo duas federações.

O bloco reúne a Federação Brasil da Esperança (PT, do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, PCdoB e PV) e o PL, do ex-presidente Jair Bolsonaro.

Também integram o bloco: União Brasil, PP, MDB, PSD, Republicanos, Federação PSDB-Cidadania, Podemos, PSC, PDT, PSB, Avante, Solidariedade, Pros, Patriota e PTB.

Demais cargos

Para os demais cargos, registraram candidatura os seguintes deputados:

- 1ª Vice-Presidência: Marcos Pereira (Republicanos-SP);

- 2ª Vice-Presidência: Sóstenes Cavalcante (PL-RJ) e Luciano Vieira (PL-RJ), este como candidato avulso;

- 1ª Secretaria: Luciano Bivar (União-PE);

- 2ª Secretaria: Maria do Rosário (PT-RS);

- 3ª Secretaria: Júlio Cesar (PSD-PI);

- 4ª Secretaria: Lucio Mosquini (MDB-RO).

Os candidatos à suplência são: André Ferreira (PL-PE), Gilberto Nascimento (PSC-SP), Beto Pereira (PSDB-MS) e Pompeo de Mattos (PDT-RS).

Procedimentos

Para ser eleito, o candidato deve obter maioria absoluta em primeira votação ou maioria simples em um segundo turno entre os dois mais votados.

Os parlamentes votam de uma única vez para os 11 cargos, mas a apuração deve começar pelo cargo de presidente. Após ele assumir o cargo, conduz a apuração dos demais postos. Os quatro suplentes serão os mais votados sem segundo turno.

Devido ao fato de Arthur Lira ser o atual presidente e candidato, a apuração para este cargo será conduzida pelo deputado Átila Lins (PSD-AM), que tem o maior número de legislaturas consecutivas.


ACOMPANHE O JORNAL PARÁ
Quer ficar bem informado sobre os principais acontecimentos do Pará e do Brasil? Siga o Jornal Pará nas redes sociais. O JP está no Instagram, YouTube, Twitter e Facebook.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp