11/02/2024 às 08h30min - Atualizada em 11/02/2024 às 08h45min

Governo alerta população a não usar terminais hidroviários clandestinos no Pará

"Recomendamos que a população não use terminais clandestinos com estrutura precária, sem fiscalização de órgãos como a Arcon".

Da redação

Jornal Pará Publicidade 790x90

Divulgação / Ag. Pará
O Governo do Estado do Pará alerta a população que deseja viajar neste feriado de Carnaval a não fazer uso de terminais hidroviários clandestinos. Os espaços sem fiscalização e autorização para o funcionamento são suscetíveis a acidentes que podem comprometer a vida dos passageiros.

Conforme o presidente da Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH), Márcio Tavares, responsável pela administração do Terminal Hidroviário de Belém, localizado na avenida Marechal Hermes, bairro do Umarizal, a população precisa estar atenta aos riscos do uso de estruturas clandestinas “O Terminal Hidroviário de Belém possui estrutura adequada para receber os passageiros, com acessibilidade garantida para aqueles que são portadores de necessidades especiais. Recomendamos que a população não use terminais clandestinos com estrutura precária, sem fiscalização de órgãos como a Arcon”, disse.

Homem é preso por suposto estupro, violência psicológica contra a mulher e cárcere privado em Belém


O equipamento público também foi homologado pela Antac (Associação Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído) para receber diversos tipos de embarcações com estruturas dotadas de um ponto de atracagem, que permite a movimentação de pessoas e cargas, como granéis sólidos, granéis líquidos, carga geral, contêineres, entre outros. 

O espaço também recebe a vistoria da Arcon (Agência de Regulação e Controle de Serviços do Estado) e previne a ação de contrabandistas. No espaço, a população encontra ambiente refrigerado, lanchonetes, banheiros, monitoramento por câmeras e agentes de segurança, além de sete linhas com embarcações equipadas e aprovadas nas ações de fiscalização feitas pela Capitania dos Portos do Pará.

Com informações de Agência Pará

ACOMPANHE O JORNAL PARÁ
Quer ficar bem-informado sobre os principais acontecimentos do Pará e do Brasil? Siga o Jornal Pará nas redes sociais. O JP está no Instagram, YouTube, Twitter e Facebook.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp