14/12/2023 às 09h04min - Atualizada em 14/12/2023 às 10h00min

De acordo com pesquisa, HPV no ânus atinge 52% dos jovens brasileiros; mulheres são maioria

Estudo realizado pela primeira vez no Brasil busca avaliar o impacto da vacinação contra o papilomavírus humano, disponível no SUS desde 2014.

Da redação

Marcelo Camargo / Agência Brasil
Uma pesquisa inédita, encomendada pelo Ministério da Saúde, revelou a taxa de infecção pelo Papilomavírus Humano (HPV) que atinge os jovens no país. O estudo revela que 54% dos brasileiros com idade entre 16 e 25 anos e vida sexual já iniciada, possuem esta infecção sexualmente transmissível (IST). Os primeiros dados da pesquisa foram publicados pela Folha, e indicam que as mulheres são mais atingidas: elas são 63,2% da população infectada, contra 36,8% de homens.

A pesquisa integra um levantamento nacional que busca avaliar o impacto da vacina contra o HPV no Brasil. O imunizante está disponível gratuitamente no Sistema Único de Saúde (SUS) desde 2014, para a população de meninos e meninas entre 9 e 14 anos de idade. Nos últimos anos, a cobertura vacinal tem caído no país: em 2022, a adesão entre o público feminino ficou em 75,91% na primeira dose, e 57,44% na segunda dose.

LEIA MAIS: Câmara de Belém aprova orçamento de R$ 5,3 bilhões para o ano de 2024


De acordo a líder da pesquisa, Eliana Wendland, médica epidemiologista do Hospital Moinhos de Vento de Porto Alegre/RS, a infecção pelo HPV no ânus pode ser contraída por outras formas de sexo, além do anal. A proximidade entre as genitais e a região do ânus é uma das possíveis causas da infecção, que pode ser contraída por homens e mulheres que não praticam este tipo de sexo. 

Um dado que reforça a conclusão citada é que a taxa de infecção pelo HPV no ânus, revelada pelo estudo, é semelhante à taxa de infecção por este vírus na região genital: 58,6%. A pesquisa consultou 12,8 mil jovens brasileiros, residentes em todas as regiões do país. 

O que é o HPV - De acordo com o Ministério da Saúde, o Papilomavírus Humano é responsável pela infecção sexualmente transmissível mais frequente no mundo. O HPV está associado a 90% dos casos de câncer de ânus, enfermidade que tem se tornado comum nas últimas décadas ao redor do mundo, mas também a outros tipos de câncer, como os de: colo uterino, pênis, cabeça e pescoço.

ACOMPANHE O JORNAL PARÁ
Quer ficar bem-informado sobre os principais acontecimentos do Pará e do Brasil? Siga o Jornal Pará nas redes sociais. O JP está no Instagram, YouTube, Twitter e Facebook.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp