09/10/2023 às 13h28min - Atualizada em 09/10/2023 às 13h30min

Open bar, trio-elétrico, provocação e festa marcam acesso do Paysandu para série B

A festa dos jogadores e com a torcida ganhou as ruas de Belém.

Da redação

Cristino Martins / O Liberal
A temporada 2023 do Paysandu terminou em grande estilo. O Papão conseguiu seu principal objetivo no ano e finalizou com o tão sonhado retorno à Série B do Campeonato Brasileiro, após cinco anos. E a festa dos jogadores e com a torcida ganhou as ruas de Belém.

Em junho, quando o Papão estava próximo da zona de rebaixamento, as estatísticas apontavam apenas 7,5% de chances de classificação à segunda fase. Após a chegada do técnico Hélio dos Anjos, o Lobo disparou e aos trancos e barrancos conseguiu a última vaga do G-8.

A mineradora Vale é alvo de furto de combustível, a polícia busca por suspeitos


Após a formação dos grupos do quadrangular, novamente apontaram o Paysandu com poucas chances de classificação. Dentre os oito, o clube era visto com a menor porcentagem para conquistar o acesso. Mas novamente o Lobo foi lá e contrariou as estatísticas.

O Paysandu conquistou 10 pontos nos quatro primeiros jogos do quadrangular e não subiu na quarta rodada por conta de uma combinação de resultados. As chances de acesso, antes 25%, pularam para 96%. A derrota para o Amazonas fez a porcentagem cair para 83,6%, segundo o site Chances de Gol.

O jogo envolveu grande apreensão entre os torcedores e a mídia esportiva paraense, pois o Papão teria que decidir o futuro longe de casa, contra o Volta Redonda com chance de classificação. Mesmo com a possibilidade de acesso com derrota por um gol de diferença, o medo tomou conta dos torcedores.

No fim, deu tudo certo e, contrariando os matemáticos, que estudam os confrontos diretos para soltar as probabilidades, o Paysandu conquistou o acesso fora de casa, no Rio de Janeiro, e está de volta à Série B após cinco anos.

COMPANHE O JORNAL PARÁ
Quer ficar bem-informado sobre os principais acontecimentos do Pará e do Brasil? Siga o Jornal Pará nas redes sociais. O JP está no Instagram, YouTube, Twitter e Facebook.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp