16/05/2023 às 08h29min - Atualizada em 16/05/2023 às 08h29min

Abaetetuba: Ribeirinhos produzem cosméticos com tucumã

o cultivo é extraído da Amazônia para a produção de cosméticos.

Carlos Yury - com informações de Globo Rural

Vinícius Braga/Embrapa

Ribeirinhos produzem cosméticos com tucumã, fruto com propriedades para retardar o envelhecimento da pele e vendem o cultivo extraído da Amazônia para a produção de cosméticos.

 

A comunidade ribeirinha de São João Batista, em Abaetetuba, nordeste do Pará, está colhendo tucumã para gerar renda. O fruto de cor laranja é usado para fazer cosméticos. O tucumã nasce de palmeira. A sua polpa é rica em ômega 3 e vitamina C.

Pará recebe programação da Semana Nacional de Museus

Na rotina dos ribeirinhos, ela é consumida como sucos e in natura. Já para transformar em cosméticos, é preciso retirar o seu óleo. Na indústria, os seus produtos são comercializados no Brasil e no mundo inteiro.

 

Um dos componentes usados no setor é o ácido hialurônico, importante para manter a saúde da pele e evitar sinais de envelhecimento. O tucumã também ajuda na síntese do colágeno, outro agente que mantém a firmeza da pele e retarda o surgimento de rugas.

 

ACOMPANHE O JORNAL PARÁ

Quer ficar bem informado sobre os principais acontecimentos do Pará e do Brasil? Siga o Jornal Pará nas redes sociais. O JP está no Instagram, YouTube, Twitter e Facebook.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp