31/08/2022 às 14h38min - Atualizada em 31/08/2022 às 14h38min

Produtos de limpeza concentram alta de 13% nos últimos doze meses

Desinfetante de 500 ml registrou aumento de 34,34%

Jefferson Machado, estagiário, sob supervisão de Yuri Siqueira, jornalista.

Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) do Pará, o aumento dos preços generalizados também estão atingindo os produtos de limpeza. Por exemplo o pacote de um   quilo de sabão em pó teve um aumento de 38,95% nos últimos doze meses.

O volume de detergente de 500 ml indica o aumento médio de 24,56%, no último ano. Enquanto o sabão subiu em 24,71%. Já a garrafa de 500 ml de desinfetante, dependendo da marca, registrou aumento de até 34,34%. 


Edna Santos, empregada doméstica, comenta que pesquisa muito antes de comprar. Mesmo assim, os produtos estão muito caros. As coisas estão aumentando por dia, apesar de fazer a compra para o mês inteiro. Contudo, para a empregada doméstica, o sabão líquido está bem em conta. 

A manicure, Laíde Souza, considera os preços razoáveis, mas concorda que eles pesam no planejamento doméstico. A manicure comenta que todo o dia está no mercado e que os preços variam muito.  Nada está barato. Tudo ficou caro, inclusive o detergente, que é o produto que mais usa. Isso pesa no bolso, levando a comprar apenas o necessário, pois não dá para gastar com excessos.

Jorge Portugal, presidente da Associação Paraense de Supermercados, declara que as elevações dos preços estão dentro do esperado. De acordo com ele, ultimamente não tem acontecido aumentos relevantes. Para ele o crescimento dos valores, estão dentro da própria inflação, mas nada descontrolado comparado aos outros tipos de produto, como café e trigo. Os artigos de limpeza estão com um novo ajuste recente de 5% a 6%. A procura está se mantendo no nível de consumo.

O panorama nacional não é muito diferente, pois informações iniciais do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo de agosto mostram que, no acumulado do ano, a elevação no valor dos bens de limpeza foi bem maior que a tabela geral, de janeiro a agosto, já que a mudança acumulada de todos os artefatos pesquisados foi de 5,02%, enquanto o aumento dos gêneros de limpeza foi de 13, 05%

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp