31/07/2022 às 16h25min - Atualizada em 31/07/2022 às 16h25min

Consumo de energia aumenta em média 8% durante o Verão Amazônico

A afirmativa é da empresa de energia do Pará que dá dicas para evitar desperdícios e economizar na conta

Da Redação
Ascom/Equatorial Pará

Jornal Pará Publicidade 790x90

Altas temperaturas do Verão Amazônico desencadeiam aumento no consumo de energia e a conta pesa no bolso do paraense.

 

O verão amazônico é a estação mais quente do ano para o paraense, e as altas temperaturas do período podem fazer com que alguns hábitos domésticos fiquem mais intensos, como o consumo de energia elétrica. O uso mais frequente de equipamentos como geladeira, ar-condicionado e de computadores, sem os devidos cuidados, pode representar um acréscimo importante no valor da conta de energia.

 

Segundo dados históricos da empresa de energia do Pará, o consumo residencial aumenta por volta de 8% em decorrência das altas temperaturas. Por isso, é necessário que todos se conscientizem da importância de modificar os hábitos com o uso racional de energia elétrica, a fim de gerar mais economia para o bolso e ao meio ambiente.

 

No que diz respeito aos aparelhos elétricos, a recomendação é prestar atenção à economia do produto desde a compra. “Hoje, os equipamentos são vendidos com Selo Procel de eficiência, que mostra ao consumidor os equipamentos mais eficientes e que consomem menos energia. Deve-se sempre observar as etiquetas no momento da compra. O selo A é o mais eficiente e o E menos eficiente”, destaca o engenheiro da área de Eficiência Energética da Equatorial Pará, Willian Melo.

 

Outro fator importante e decisivo para um consumo mais sustentável é o uso consciente de um dos equipamentos mais explorados durante o verão, o ar condicionado. “Nos casos de aparelhos que ficam ligados por longos períodos, é importante que contenham a tecnologia inverter. Este sistema oferece maior eficiência, com o ajuste do compressor conforme a necessidade. No caso dos aparelhos comuns, a recomendação é colocar a temperatura no 23º e programar para desligar, pelo menos 30 minutos antes de sair do ambiente”, completa Willian.




Para evitar o aumento na conta de luz, a distribuidora elaborou algumas dicas com medidas simples, ao alcance de todos em casa, referente ao uso mais consciente e sustentável de energia sem abrir mão do conforto. Confira as dicas de como economizar energia no verão:  

 

GELADEIRA – É responsável por cerca de 30% do valor da conta de luz. Deve-se evitar abrir e fechar a todo instante e não guardar alimentos quentes em seu interior.  Roupas secando atrás da geladeira também devem ser evitadas. 

 

ILUMINAÇÃO DA CASA – Abuse da luz natural. A iluminação doméstica pode representar cerca de 25% do custo por mês. Evite acender lâmpadas durante o dia e dê preferência às lâmpadas de LED que são mais econômicas em até 80%.  

 

COMPUTADORES e NOTEBOOKS – Utilizar o recurso de economia do monitor e desligue quando ninguém estiver usando. Evite o modo stand-by, pois também consome energia.

 

CARREGAMENTO DE CELULARES – Não deixar os celulares carregando a noite toda e nem os carregadores conectados sem o aparelho. Essas atitudes provocam o desperdício de energia.  

 

BOMBA D’ÁGUA - A ligação elétrica da bomba deve ser feita por profissional de confiança, pois instalações malfeitas acarretam fuga de corrente e aumento de consumo. O ideal é também armazenar o máximo de água na caixa d’água para não precisar ligar a bomba mais vezes.

 

LAVADORA DE ROUPA – Acumular uma grande quantidade de roupas para lavar de uma vez só é o ideal. Não esqueça de utilizar a capacidade máxima.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp