27/02/2024 às 08h18min - Atualizada em 27/02/2024 às 08h18min

PM é preso por suspeita de comandar rede de tráfico de drogas no Pará

Ele foi identificado como Elielson Oliver teve a prisão decretada pela justiça.

Da redação

Divulgação / PC
Um policial militar foi preso preventivamente em Pacajá, durante a operação “Thanatos”, nesta sexta-feira, 23, sob suspeita de comandar uma rede de tráfico de drogas e associação para o tráfico majorado pelo uso de arma de fogo em jacundá, no sudeste paraense. A prisão foi cumprida pela Divisão Estadual de Narcóticos (DENARC) e a Polícia Civil do município de Jacundá, além de cumprirem mandados de busca e apreensão com sequestro de bens no município onde o militar era alocado.

Ele foi identificado como Elielson Oliver teve a prisão decretada pela justiça. Segundo informações do Correio de Carajás, a prisão do militar aconteceu em Pacajá, município onde ele trabalhava. Já a busca e apreensão foi realizada em Jacundá, na residência do investigado. Um veículo foi apreendido e há suspeitas de que ele seja fruto da prática criminosa.

​LBV lança campanha e mobiliza um milhão de refeições e 18 mil kits pedagógico


A operação investiga o tráfico de drogas no município e, durante a ação adas autoridades, foram encontradas provas incontestáveis de que o PM comandava o comércio de entorpecentes em Jacundá, segundo informa o relatório da PC.

De acordo com o que foi divulgado, a apuração entre os anos de 2022 a 2024, aponta que o investigado compartilhou uma grande quantidade de drogas entre cinco integrantes da associação criminosa que ele comandava. Dessa forma, segundo a PC, após a venda dos entorpecentes o lucro era repassado diretamente para o PM.

A Corregedoria da Polícia Militar acompanhou toda a operação e agora o policial está à disposição da justiça. 

Com informações da Polícia Civil

ACOMPANHE O JORNAL PARÁ
Quer ficar bem-informado sobre os principais acontecimentos do Pará e do Brasil? Siga o Jornal Pará nas redes sociais. O JP está no Instagram, YouTube, Twitter e Facebook.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp