22/11/2023 às 10h30min - Atualizada em 22/11/2023 às 10h45min

Polícia prende suspeito de matar ex-namorada por não aceitar ter um filho negro

A vítima foi encontrada morta em uma área de mata no dia 26 de maio de 2022.

Da redação

Jornal Pará Publicidade 790x90

Victor de Souza Rocha, de 21 anos, é suspeito de matar a ex-namorada, Karine Sevalho Lima, que tinha 19 anos e estava grávida de 7 meses dele. Ele foi preso nesta terça-feira, 21, em Manaus. As investigações da Polícia Civil apontam que o crime foi cometido porque a vítima era uma mulher negra e o autor teria declarado aos amigos dela que jamais teria um filho com características negras.

LEIA TAMBÉM: Com investimento de R$ 30 milhões, Ananindeua terá usina solar para abastecer prédios públicos em 2024


O caso foi presidido pelo Núcleo de Combate ao Feminicídio (NCF) da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), que faz avaliações para estipular o crime como feminicídio e, também, analisa a questão do crime de racismo. 

Segundo o delegado Ricardo Cunha, titular da DEHS, a vítima e o autor eram namorados e, ao descobrir a gravidez, ele começou a importunar a jovem para que ela fizesse um aborto.

A vítima foi encontrada morta em uma área de mata no dia 26 de maio de 2022. Segundo a polícia, ela estava com o rosto desfigurado, sinais de agressões e torturas, além de perfurações de arma branca pela região de todo o corpo.

“No dia do crime, Karine teria ido encontro ao Victor, para informar que sua família tinha conhecimento de que ele seria o genitor do bebê e afirmar que não iria realizar o aborto. As investigações apontam que eles tiveram um desentendimento em razão do autor não ter aceitado o posicionamento da vítima, o que o levou a tirar a vida dela”, explicou o delegado Ricardo Cunha.

Com informações do G1

ACOMPANHE O JORNAL PARÁ
Quer ficar bem-informado sobre os principais acontecimentos do Pará e do Brasil? Siga o Jornal Pará nas redes sociais. O JP está no Instagram, YouTube, Twitter e Facebook.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp