10/07/2023 às 08h18min - Atualizada em 10/07/2023 às 08h18min

Tragédia no Rio Guamá: Buscas por desaparecidos em naufrágio no Combu, em Belém, continuam nesta segunta-feira

Naufrágio ocorreu no rio Guamá, na travessia entre a Ilha do Combu e parte continental de Belém.

Carlos Yury

Jornal Pará Publicidade 790x90

Carlos Yury
Mergulhadores do Corpo de Bombeiros continuam na manhã desta segunda-feira, 10, as buscas por três pessoas que desapareceram nas águas do rio Guamá, após uma embarcação que voltava da Ilha do Combu, em Belém, naufragar na noite do último domingo, 9.

De acordo com relatos de testemunhas, o barco afundou devido à intensa chuva que ocorria durante a travessia. Nove indivíduos da mesma família estavam a bordo, incluindo um bebê de apenas seis meses. Eles haviam passado o fim de semana em um sítio na Ilha do Combu, comemorando o mesversário da criança. O bebê foi resgatado e encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jurunas, mas, infelizmente, não resistiu e veio a falecer.

Santarém: Adepará apreende 17 toneladas de pescado impróprio para consumo


Das três vítimas desaparecidas, duas foram identificadas como Natalino Pantoja, de 76 anos, piloto e proprietário da embarcação, e Sara Oliveira, de 29 anos. A Marinha do Brasil divulgou uma nota informando que tomou conhecimento do incidente e uma equipe de busca e salvamento da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental (CPAOR) esteve no local para investigar o ocorrido.

O naufrágio aconteceu durante a travessia entre a Ilha do Combu e a parte continental de Belém. A Ilha do Combu é um destino muito popular entre moradores e turistas, especialmente nos fins de semana, e só pode ser acessada por meio de embarcações.

"A Capitania dos Portos da Amazônia Oriental (CPAOR) está no local com uma equipe de busca e salvamento para apurar os fatos", afirmou a Marinha em comunicado.

 

ACOMPANHE O JORNAL PARÁ

Quer ficar bem-informado sobre os principais acontecimentos do Pará e do Brasil? Siga o Jornal Pará nas redes sociais. O JP está no Instagram, YouTube, Twitter e Facebook.
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp