31/05/2023 às 11h35min - Atualizada em 31/05/2023 às 11h35min

Santarém: animais resgatados em região alagada são transferidos para zoológico

Os animais foram encontrados na comunidade Arapemã, e já estavam há vários dias sem se alimentar.

Carlos Yury - com informações da SEMMA

Jornal Pará Publicidade 790x90

Reprodução / SEMMA
Alguns animais silvestres das espécies macaco e preguiça foram resgatados em uma ação realizada pela 1ª Cipamb (1ª Companhia Independente de Policiamento Ambiental) em parceria com a Semma de Santarém e alguns comunitários da comunidade Arapemã, em Santarém, oeste do Pará.

Os macacos e preguiças que foram encontrados às proximidades da comunidade de Arapemã, estavam em uma área completamente alagada. Eles ficaram muito tempo sem se alimentar pela falta de comida no local e por isso estavam muito debilitados.


Segundo estudo, peixes consumidos no Pará têm contaminação por mercúrio

“Foi verificado por alguns pescadores que os animais estavam há muito tempo sem se alimentar, pois estavam presos em uma pequena ilha na comunidade”, informou o fiscal da Semma, Romisson Sousa.

Essas ocorrências têm se tornado comuns devido às cheias dos rios, quando muitos animais acabam ficando ilhados em determinados áreas, não conseguindo mais buscar alimentos e nem se abrigar nesse período. Casos desse tipo têm chegado aos órgãos ambientais em Santarém.

Uma parte dos animais resgatados foi imediatamente solta, e os demais foram transferidos ao ZooUnama de Santarém, para receberem cuidados médicos, e logo que estiverem em condições, também serão soltos em uma área de proteção ambiental.

 

ACOMPANHE O JORNAL PARÁ

Quer ficar bem-informado sobre os principais acontecimentos do Pará e do Brasil? Siga o Jornal Pará nas redes sociais. O JP está no Instagram, YouTube, Twitter e Facebook.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp