24/03/2023 às 10h01min - Atualizada em 24/03/2023 às 04h39min

China e outros quatro países voltam a importar carne bovina brasileira

Rafael Miyake
Com informações da Agência Brasil

Jornal Pará Publicidade 790x90

Reprodução/Ag. Brasil

Nesta quinta-feira (23), cinco países suspenderam o embargo à carne bovina brasileira. A China, principal importadora do alimento, havia bloqueado as importações em fevereiro, após um caso atípico de mal da vaca louca no sudeste do Pará. Outros quatro países não identificados também suspenderam seus embargos. Bahrein, Cazaquistão, Catar, Irã, Rússia e Tailândia continuam a bloquear o produto.

 

A Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) detectou a doença numa propriedade com 160 cabeças de gado, em um município não identificado no sudeste do estado. 

 

Material genético foi encaminhado para um laboratório canadense, que confirmou se tratar de um caso atípico, que surge espontaneamente em animais idosos e não é transmissível, diferente da forma clássica da doença, que pode ser adquirida por ração infectada.

 

A doença, que pode ser transmitida para humanos por meio da ingestão de carne infectada, também afeta búfalos, ovelhas e cabras, além de bois e vacas. Em humanos, é chamada de doença de Creutzfeldt-Jakob, e causa demência, coma e morte. Não há tratamento conhecido.

 

O Brasil não possui casos conhecidos da forma clássica do mal da vaca louca, apesar de casos atípicos terem sido registrados em Minas Gerais e Mato Grosso em 2021. 
 

ACOMPANHE O JORNAL PARÁ


Quer ficar bem-informado sobre os principais acontecimentos do Pará e do Brasil? Siga o Jornal Pará nas redes sociais. O JP está no Instagram, YouTube, Twitter e Facebook.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp