15/04/2022 às 11h21min - Atualizada em 15/04/2022 às 11h21min

Cacica Xipaya denuncia invasão de garimpeiros à território

Situação nesse momento seria pacífica, mas indígenas temem novas invasões

Mayra Leal

Jornal Pará Publicidade 790x90

(Créditos: Redes Sociais)

 

Em vídeo que circula nas redes sociais, indígena do povo Xipaya denuncia a invasão do Território Indígena Xipaya, região de Altamira, sudoeste estadual. A primeira cacica Juma Xipaya da aldeia Karimaa pede socorro e diz que garimpeiros armados invadiram, na noite de ontem (14), a TI em uma balsa de grande porte, com maquinários para a extração de ouro. 

Segundo a cacica, seu pai, Francisco Kuruaya, foi recebido com violência. Ela conta que outros indígenas também teriam sido agredidos. "Estão destruindo nosso território, estão com máquinas pesadas e nós não sabemos o tipo de armas que eles têm, trataram meu pai com muita violência", denuncia Juma.

Informações e fotos que circulam em redes sociais apontam que a balsa teria equipamentos de ponta e até radar com capitação de ouro e antenas para comunicação. 


 

Atualizações
 

De acordo com as últimas informações repassadas por indígenas Xipayas, os garimpeiros teriam fugido e a situação nesse momento é pacífica. Mas existe o medo de que os invasores possam se esconder pelos furos do rio.

O Ministério Público Federal informou que está acompanhando o caso e que o ICMBio e a Força Nacional já foram para o local. 

A Secretaria de Segurança Pública do Estado (Segup) informou que já acionou a Polícia Federal, responsável pela segurança e mediação em terras indígenas, que está acompanhando a situação e se encontra à disposição para prestar auxílio e suporte.

A Funai também já foi acionada.
 

TI Xipaya


O território Xipaya, onde vivem cerca de 200 pessoas, fica distante a 400 quilômetros de Altamira. A terra tem 179 mil hectares e é uma das impactadas pela construção da usina hidrelétrica de Belo Monte. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp