10/08/2022 às 09h43min - Atualizada em 10/08/2022 às 09h43min

Polícia Federal prende em flagrante investigado de crime de pornografia infantil em Ananindeua

Operação fez busca e apreensão e imagens foram encontradas no celular do suspeito

Yuri Siqueira

Jornal Pará Publicidade 790x90

A Polícia Federal prendeu em flagrante um investigado por pornografia infantil, durante a Operação Atratus, na manhã desta quarta-feira, 10. As imagens ilegais foram encontradas no aparelho celular do suspeito, no momento do cumprimento de mandado de busca e apreensão na casa dele, em Ananindeua.

As investigações apontavam crimes relacionados à produção, armazenamento e compartilhamento de imagens e vídeos contendo cenas de abuso e exploração sexual infantil. Com a utilização de diferentes meios de obtenção de provas, foi possível identificar o suspeito e rastrear a sua atuação.

Durante a operação. os procedimentos de praxe do flagrante na Superintendência da Polícia Federal (PF) no Pará foram cumpridos, o preso  está à disposição da Justiça.  O aparelho celular apreendido foi encaminhado a exames periciais, para a coleta de provas digitais. As investigações sobre o caso continuam.

Se confirmada a hipótese criminal, o investigado pode responder, dentre outros, pelos crimes de produção, aquisição, armazenamento e disponibilização de conteúdo pornográfico infantil. Esses crimes possuem penas máximas que, somadas, podem chegar a 18 anos de prisão.

Somente no ano de 2022, a PF no Estado cumpriu 20 mandados de busca e apreensão e prendeu 7 pessoas por crimes relacionados ao abuso sexual infantil.


 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp