02/08/2022 às 12h12min - Atualizada em 02/08/2022 às 12h12min

​PRF divulga balanço da Operação Férias Escolares 2022 no Pará

A ação registrou uma redução de 8% no número de acidentes nas rodovias do Estado, em relação ao ano passado.

Da Redação
Ascom/PRF

Jornal Pará Publicidade 790x90

BR-316 e BR-230 foram as rodovias com maior registro de acidentes (Foto: Ascom/PRF).
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou às 23h59 de segunda-feira (01), a Operação Férias Escolares 2022 nas rodovias e estradas federais do Pará. A estratégia foi reforçar o policiamento e a orientação de trânsito em locais e horários de maior fluxo de veículos, incidência de acidentes graves e de crimes, durante o período de férias.

Durante todo o mês de julho, a PRF contabilizou 83 acidentes, sendo 36 graves. Nessas ocorrências, 84 pessoas ficaram feridas e 19 morreram. A maioria dos acidentes tiveram como causa principal a conduta inadequada de parte dos condutores. Em relação ao ano de 2021, foi registrado uma redução de 8% no número de acidentes.

As rodovias que tiveram mais acidentes registrados, foram: BR-316, BR-230, BR-163 e BR-010.

De acordo com dados oficiais, foram fiscalizados 29.548 veículos e 31.301 pessoas. Foram realizados 7.235 testes de alcoolemia, com um total de 213 autuações. As outras infrações mais observadas foram por: ultrapassagens indevidas, não utilização do capacete e do cinto de segurança – com totais de 731, 421, 248 autuações, respectivamente.

Já no combate à criminalidade, 124 pessoas foram detidas. Dessas, 22 por alcoolemia. Durante a operação, 22 veículos com restrição de furto e roubo foram recuperados. Além disso, a PRF apreendeu 08 (oito) armas de fogo e cerca de 63 (sessenta e três) munições, durante as fiscalizações. Mais de 500 kg de cocaína e cerca de 100 m³ de madeira ilegal foram apreendidos nas rodovias federais do Estado.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp