05/04/2022 às 20h26min - Atualizada em 05/04/2022 às 20h26min

Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão em área devastada por garimpo ilegal

Imagens de satélites revelam ver grande área devastada na Amazônia

Jornal Pará Publicidade 790x90

Divulgação PF
Uma operação realizada pela Polícia Federal cumpriu na manhã de hoje a busca e apreensão nas cidades do Pará, Tocantins, Minas Gerais e São Paulo. A ação denominada de “Operação Mercúrio” investiga desde o ano de 2018 as ações de uma quadrilha responsável pelo garimpo ilegal localizado nos municípios de Tucumã e São Félix do Xingu com mais de 700 alqueires de terra.

As imagens de satélite obtidas pela PF mostram uma grande área devastada na região, passando por terras de preservação ambiental. No local, o grupo extraía ilegalmente minérios. Para o delegado da PF, Allan Reis, todo o material extraído passava por uma rota até a região sudeste do Brasil. “O material extraído era armazenado na cidade de Araguaína, de lá eles encaminhavam para o estado de São Paulo e comercializavam em joalherias irregulares” explica o delegado.

Ainda segundo a PF, a operação tem o objetivo de encontrar mais evidências para identificar as transações financeiras que chegaram a gerar um lucro de mais de R$ 300 mil por mês. Os investigados podem responder pelos crimes de extração ilegal de minério, organização criminosa, usurpação de bens e lavagem de dinheiro.


Com informações do G1

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp