17/01/2024 às 10h00min - Atualizada em 17/01/2024 às 10h00min

VÍDEO: Vendaval destelha mais de 40 casas em Belém

Vendaval destelhou imóveis, destruiu estruturas e carros foram danificados. Não houve feridos.

Da redação

Jornal Pará Publicidade 790x90

Reprodução / Redes sociais

A chuva com forte rajadas de vento deixou um lastro de destruição nesta terça-feira (16) na Grande Belém. Mais de 40 casas e condomínios foram afetados. Não houve feridos. O vendaval foi registrados por moradores e as imagens são impressionantes: áreas foram varridas pelo vento que destelhou imóveis e destruiu estruturas. Carros também foram danificados.

Equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Pará e Coordenadoria Estadual de Defesa Civil estão nos locais fazendo levantamento e dando suporte às famílias.

VÍDEO: Carro atravessa parede de shopping em Ananindeua


Os pontos críticos foram registrados na Passagem Tupi, no bairro do Coqueiro, na Passagem Canaã, no bairro do Guamá, e na Avenida Padre Bruno Sechi, no bairro do Benguí.

Vistorias - A Prefeitura de Belém, por meio da Defesa Civil Municipal, informou que faz o levantamento dos danos causados pelo vendaval no Conjunto Pedro Teixeira, no bairro do Coqueiro. O levantamento, até agora, contabilizou cerca de 20 casas atingidas apenas no conjunto.

 


A Prefeitura informa, ainda, que a Defesa Civil já foi acionada para vistorias em imóveis nos bairros do Tapanã e Pratinha II e no Conjunto Sideral. A Defesa Civil vai continuar realizando o levantamento durante o restante do dia.

Falta de luz - Com o temporal, a ventania lançou diversos objetos na rede elétrica, o que ocasionou desligamentos na capital paraense. Os principais bairros atingidos são Benguí, Parque Verde, Tapanã e Coqueiro. Segundo a Equatorial Pará, equipes trabalham para normalizar o fornecimento dos clientes que tiveram o serviço de energia comprometido por conta da forte chuva.

 


A Equatorial orienta que, em caso de falta de energia, os clientes registrem uma ocorrência nos canais de atendimento: pelo 0800 091 0196, no aplicativo Equatorial Energia ou pela Clara no WhatsApp (91) 3217-8200.


Com informações de g1

ACOMPANHE O JORNAL PARÁ
Quer ficar bem-informado sobre os principais acontecimentos do Pará e do Brasil? Siga o Jornal Pará nas redes sociais. O JP está no Instagram, YouTube, Twitter e Facebook.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp