21/11/2022 às 10h55min - Atualizada em 21/11/2022 às 10h55min

Segunda etapa do Enem 2022 contou com operação para reforçar segurança

Mais de 4 mil agentes públicos, de vários órgãos e instituições, atuaram de maneira célere e articulada em 77 municípios do Pará

Jornal Pará - Com informações de Agência Pará

Foto: Rodrigo Pinheiro (Agência Pará)
A segunda etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) contou com a atuação das forças de segurança pública além de envolver mais de 10 órgãos e instituições, com um efetivo superior a 4 mil agentes públicos. As provas realizadas neste domingo (20). A "Operação Enem 2022", uma das maiores do Sistema de Segurança do Pará, ocorreu em 77 municípios. O esquema montado garantiu segurança no transporte das provas, no entorno dos locais e na organização do trânsito nas principais vias de acesso às instituições onde as provas foram aplicadas.
 
OCORRÊNCIAS

 
Dentre as ocorrências registradas, 20 quedas de energia, sendo 10 em Oriximiná (município do Oeste), devido ao furto de cabos na subestação, que afetou a rede local. As demais instabilidades no sistema de energia elétrica foram nos municípios de Igarapé-Miri, Tucuruí, Belém, Castanhal, Marituba, Mocajuba e Portel, sendo todas resolvidas sem prejuízo à execução do certame.
 
A Polícia Militar foi acionada em uma situação envolvendo perturbação do sossego alheio às proximidades de uma escola estadual na Avenida Almirante Barroso. A equipe se deslocou até o local, mas a situação já havia sido normalizada.
 
No Centro Integrado de Comando e Controle, os representantes das forças de segurança, juntamente com demais órgãos envolvidos, se reuniram para monitorar e agilizar o atendimento às ocorrências, para que a última etapa do Enem pudesse se realizar dentro da normalidade. Cerca de 1.000 câmeras foram utilizadas em todo o Estado na operação.
 
REGIONAIS
 
A segurança pública instalou, mais uma vez, os Centros Integrados de Comando e Controle Regionais (CICCR) nos municípios de Marabá, Capanema, Castanhal, Soure, Breves, Paragominas, Tucuruí, Redenção, São Félix do Xingu, Santarém, Itaituba, Abaetetuba e Altamira, cobrindo todas as regiões do Estado. 
 
A operação Enem 2022 envolveu, de forma integrada, os Correios, Exército, polícias Civil e Militar, grupamentos Aéreo (Graesp) e Fluvial (Gflu) de Segurança Pública (vinculados à Segup), Departamento de Trânsito do Estado (Detran), guardas municipais, Secretaria de Estado de Educação (Seduc), empresa Equatorial (concessionária de energia elétrica), Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que coordena o certame, e a Fundação Getúlio Vargas (FGV), que o executa em nível estadual.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp