27/10/2022 às 10h00min - Atualizada em 27/10/2022 às 10h00min

Doação de córneas aumentou em 80% no Pará

Jornal Pará

Jornal Pará Publicidade 790x90

Foto: Augusto Miranda / Ag. Pará
Os dados do Banco de Olhos do Hospital Ophir Loyola mostram que o número de doações de córnea aumentou 80% nos últimos cinco meses, no Pará. Foram 104 tecidos recebidos e distribuídos para a Central de Transplantes do Estado.
 
Dados do Banco de Olhos do Hospital Ophir Loyola, , mostram que o número de doações de córnea aumentou 80% nos últimos cinco meses, no Pará. Foram 104 tecidos recebidos e distribuídos para a Central de Transplantes do Estado.
 
O crescimento no número de doações veio depois da parceria entre o Banco de Olhos do Hospital Ophir Loyola e a Polícia Científica do Pará. Um acordo de cooperação técnica entre as instituições, firmado no último mês de maio, trabalha para aumentar a coleta de córneas e zerar a fila de espera pelo transplante.
 
De acordo com estatísticas mundiais, o transplante apresenta alta porcentagem de sucesso. Normalmente chega a 90% em situações não complicadas.
 
Segundo o Sistema Nacional de Transplantes do Ministério da Saúde, 209 pessoas fizeram transplante de córnea entre outubro de 2021 e setembro de 2022. Atualmente, 1162 paraenses estão na fila de espera.
 
“Hoje, nós temos uma câmara fria que possibilita esse tempo de conservação para dar mais vida útil para as córneas. A retirada só é possível quando a família está presente e autoriza o procedimento na necropsia. Graças a esse trabalho, batemos o recorde de 130 córneas coletadas nesses últimos meses”, comemora o diretor-geral da Polícia Científica do Estado, Celso Mascarenhas.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp