14/04/2022 às 14h19min - Atualizada em 14/04/2022 às 14h19min

“Pé na estrada” no feriado prolongado requer atenção de motoristas

Checagem básica antecipada de veículos evita transtornos nas estradas em direção aos balneários paraenses

Mayron Gouvêa

Jornal Pará Publicidade 790x90

Foto: Internet

Motorista desde os 18 anos, o advogado Lucas Brandão, 41, sabe da importância de realizar a checagem do carro que usa diariamente para os afazeres pessoais e para se deslocar ao trabalho, na região central de Belém. Aventureiro, o morador do bairro da Marambaia não perde a oportunidade de fugir da rotina, quando o assunto é feriado prolongado. Neste período santo, o destino é a ilha de Maiandeua, em Algodoal, distante cerca de 200 km da capital paraense. 

 

“Por isso mesmo, eu não deixo de buscar um serviço especializado para fazer um check-up mesmo que básico no veículo. A viagem é longa e eu não posso sair da minha cidade sem antes ver como está o meu carro, mesmo eu fazendo a revisão de fábrica, eu me sinto mais seguro para pegar a estrada”, conta o advogado empolgado com a viagem para um dos balneários mais procurados em feriados longos.


 


A prática do advogado é aprovada por quem lida com veículos dia após dia. Segundo Edmundo Almeida, gerente de pós-venda em uma grande concessionária de veículos de Belém, são atitudes simples como essa que ajudam os motoristas paraenses a saírem e voltarem dos balneários com segurança. “O ideal é que procure uma loja para se ter a garantia real do serviço realizado. Como os balneários são distantes da capital, é fundamental que os veículos estejam em condições de trafegabilidade”, ressaltou.

 

Verificar o líquido de arrefecimento, as pastilhas de freio, averiguar as condições de trafegabilidade dos pneus, além da calibragem e se o óleo está em nível adequado para o uso são alguns itens que os condutores precisam se preocupar neste momento. “Esta é a melhor forma de manter a segurança do motorista e de quem estará com ele, sejam amigos ou familiares”, revelou Almeida, ao esclarecer que poucos são os proprietários de veículos que procuram realizar esse serviço nas lojas ou concessionárias.

 

Importa esclarecer que este serviço é básico e não se trata da chamada revisão continuada, quando os carros precisam da inspeção que é estabelecida pelas fábricas a cada 10 mil km, em média, a depender da marca. “Para esse serviço mais simples damos o nome checagem de itens básicos para que o cliente possa viajar e curtir o feriadão com toda a tranquilidade”, disse o gerente.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp