31/10/2022 às 13h31min - Atualizada em 31/10/2022 às 13h31min

Abstenção cai pela 1ª vez no 2º turno de eleição presidencial desde a redemocratização

Jornal Pará

Jornal Pará Publicidade 790x90

Pela primeira vez, a abstenção no segundo turno das eleições presidenciais foi inferior do que no primeiro turno. Ficando em 20,56%, com 99,53% das urnas apuradas. No primeiro turno, realizado no dia 2 de outubro, a abstenção foi de 20,95%.
 
O resultado inédito de abstenções no segundo turno reflete a campanha mais disputada desde a redemocratização, havendo alta mobilização dos eleitores.
 
Abstenção entre o 1º e o 2º turno das eleições presidenciais:
  • 1989: aumento de 2,47 pontos percentuais
  • 2002: aumento de 2,73 pontos percentuais
  • 2006: aumento de 2,24 pontos percentuais
  • 2010: aumento de 3,38 pontos percentuais2014: aumento de 1,71 ponto percentual
  • 2018: aumento de 0,98 ponto percentual
  • 2022: queda de 0,39 ponto percentual (com 99,53% das urnas apuradas)
Abstenções por estado
 
Estado Nº de abstenções % de abstenções
Acre 166.919 28,4%
Alagoas 540.826 23,2%
Amapá 148.553 27,1%
Amazonas 576.757 21,8%
Bahia 2.306.352 20,4%
Ceará 1.168.769 17,1%
Distrito Federal 369.136 16,7%
Espírito Santo 599.995 23,5%
Exterior 357.323 54,9%
Goiás 10.010.008 20,7%
Maranhão 1.184.202 23,5%
Mato Grosso 556.566 22,5%
Mato Grosso do Sul 446.193 22,3%
Minas Gerais 3.418.331 20,9%
Paraná 1.580.135 18,6%
Paraíba 517.504 16,7%
Pará 1.376.404 22,6%
Pernambuco 1.214.351 17,3%
Piauí 481.506 18,7%
Rio de Janeiro 2.853.222 22,2%
Rio Grande do Norte 445.527 17,4%
Rio Grande do Sul 1.658.832 19,3%
Rondônia 303.655 24,6%
Roraima 80.372 21,9%
Santa Catarina 958.467 17,4%
Sergipe 315.774 18,8%
São Paulo 7.304.385 21%
Tocantins 223.064 20,3%

Fonte: TSE
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp