04/10/2022 às 11h04min - Atualizada em 04/10/2022 às 11h04min

UFPA lança edital para o Vestibular 2023

Yuri Siqueira

A Universidade Federal do Pará lançou hoje, 4 de outubro, o edital do Processo Seletivo 2023 para o ingresso de estudantes nos cursos de graduação presenciais no ano de 2023. São ofertadas 7.188 vagas, acrescidas de 192 vagas adicionais reservadas a pessoas com deficiência (PcD), em 192 ofertas de cursos, nos 12 campi da UFPA. Ao todo são 7.380 vagas.

Para participar da seleção, os(as) estudantes interessados(as) deverão ter inscrição homologada no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) referente ao ano de 2022. As inscrições para o PS UFPA 2023 serão abertas das 14h do dia 6 de outubro até as 23h59 do dia 18 de novembro de 2022, por meio do site do Centro de Processos Seletivos da UFPA (CEPS). O valor da taxa de inscrição é R$ 100,00 e deverá ser paga, por meio de boleto bancário, até o dia 16 de dezembro de 2022.

Isenção - Aos estudantes que cursaram todo o ensino médio ou equivalente em escola da rede pública, a isenção da taxa de inscrição é concedida automaticamente. Já aqueles que foram bolsistas integrais em escola da rede privada poderão solicitar a isenção, anexando o comprovante de tal condição ao final da inscrição. A informação sobre a concessão ou não da isenção da taxa de inscrição estará disponível para consulta a partir de 29 de novembro de 2022.

Bônus - Quem tiver cursado todo o ensino médio, na modalidade presencial (mesmo que com períodos de ensino remoto emergencial), em escola pública ou privada, em um ou mais dos estados da Região Norte (Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins), poderá, no ato da inscrição, solicitar um bônus de 10% (dez por cento) sobre a nota obtida no Enem 2022. De acordo com decisão judicial, a bonificação de 10% também será aplicada a alunas(os) certificadas(os) pelo Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos - ENCCEJA. Se classificado(a), no momento da habilitação, o(a) candidato(a) terá que comprovar essa condição, sob o risco de perder a vaga.

Sobre as cotas - A UFPA seguirá adotando o Sistema de Cotas, com vagas ofertadas sendo distribuídas conforme a legislação vigente. Metade das vagas é de ampla concorrência (direcionada a todos/as os/as candidatos/as) e a outra metade é direcionada a estudantes de escolas públicas (Cota Escola), com percentuais específicos para estudantes de baixa renda (Cota Renda), pessoas negras de cor preta, negras de cor parda e indígenas (Cota PPI), e pessoas com deficiência (Cota PcD). Ainda há a oferta de 01 vaga adicional destinada a estudantes com deficiência em cada oferta de curso (Cota PcD Adicional). No quadro 1 do edital estão descritos os grupos de vaga e seus respectivos destinatários e no quadro 2 constam os grupos de vagas a que cada candidato(a) pode concorrer conforme seu perfil. No ato da inscrição, o(a) candidato(a) deverá optar pela concorrência ou não a cada tipo de cota, conforme seu perfil.

Os(As) estudantes que forem classificados(as) no processo seletivo em vagas de cotas precisarão comprovar, no momento da habilitação ao vínculo institucional, as condições que lhe garantem o direito à cota.

Estudantes que forem classificados(as) em Cota Escola terão que comprovar ter cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas, em cursos regulares ou no âmbito da modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA). Também têm direito à Cota Escola quem obteve certificado de conclusão com base no resultado do Enem, do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (ENCCEJA), ou de exames de certificação de competência ou de avaliação de jovens e adultos realizados pelos sistemas estaduais de ensino, desde que não tenha frequentado o ensino médio em escola privada.

Já candidatos(as) classificados(as) em Cota Renda precisarão comprovar ter renda familiar bruta (sem descontos) mensal inferior ou igual a 1,5 salário-mínimo nacional per capita.

Estudantes classificados(as) em Cota PPI serão convocados(as) para validação da condição autodeclarada de pessoa negra de cor preta, negra de cor parda ou indígena por Banca de Heteroidentificação e Banca de Verificação da Autodeclaração Indígena. Candidatos(as) classificados(as) em Cota PcD também passarão por avaliação da Banca Multiprofissional de Verificação PcD.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalpara.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp